Usando Drywall na minha reforma

d-1

Quer reformar a sua casa? Então saiba que não há nada melhor no mercado do que o Drywall para uma reforma perfeita. Acredite.

O que é o Drywall?

O termo define tanto as chapas com miolo de gesso e face de papel-cartão quanto o sistema, composto dessas placas fixadas em estruturas de aço. Seu trunfo está na possibilidade de criar centenas de formas, com emprego de painéis simples ou duplos, de variadas espessuras. Enchimentos de lã mineral incrementam os isolamentos acústico e térmico. Um profissional indicará a melhor saída para cada caso.

No Brasil a estrutura mais utilizada é a de aço, isso devido ao fato dessa estrutura ter chegado na década de noventa. O Drywall tem uma instalação muito simples, mas requer mão de obra especializada como um bom Gesseiro acompanhado de um excelente  pintor de paredes. O tempo para o Drywall ficar pronto é de fato muito curto, considerando outras formas de construção.

Quais as vantagens do Drywall?

O Drywall traz muitas vantagens entre elas a optimização do espaço, garantindo que o ambiente seja muito mais amplo e agradável, garante um excelente acabamento e isolamento térmico.

Os principais fatores que garantem a venda desse produto é sem duvida a facilidade nas instalações do imóvel, como por exemplo, os cabos, internet, instalações elétricas, telefone entre outros.

Esse sistema de construção é sem dúvida vantajosa, construtiva e muito mais prática.

O Drywall permite acabamentos?
d-2

O Drywall permite de fato que aja qualquer tipo de acabamento, incluindo azulejo, papel de parede, pinturas, laminados, mármores, granito, pastilhas entre outros. O Drywall aceita métodos incríveis para a decoração.

Quais os tipos de Drywall?

O Drywall pode ser encontrado em três tipos:

Verde (RU): com silicone e aditivos fungicidas misturados ao gesso, permite a aplicação em áreas úmidas (banheiro, cozinha e lavanderia).

Rosa (RF): resiste mais ao fogo por causa da presença de fibra de vidro na fórmula. Por isso, vai bem ao redor de lareiras e na bancada do cooktop.

Branco (ST): é a variedade mais básica (Standard), amplamente empregada em forros e paredes de ambientes secos. Ou podemos dizer:

Standard.
d-3

Standard: o Standard é um estilo perfeito de Drywall usados em áreas totalmente secas.

Resistentes ao fogo.
d-4

O principal e mais procurado é o Drywall resistente ao fogo, pois permite total segurança ao local e também aos proprietários, justamente por sua resistência, sendo utilizado principalmente em locais como a cozinha.

Resistentes à água.
d-5

Resistentes à água: esse estilo de Drywall é totalmente resistente à água. Ele é usado principalmente em lugares como o banheiros e cozinhas.

Quais os tipos de instalação?

Fixação do forro: os painéis específicos para o teto são parafusados na estrutura de aço, e o forro fica suspenso por tirantes sob a laje (ou presos no telhado). Isso ajuda a absorver os movimentos naturais da construção, o que evita trincas.

Painéis prontos: lançamento recente, já vem com revestimento (cartão melamínico ou de PVC em vários padrões ou cores), que dispensa a etapa de acabamento.

Parede sobre parede: essa técnica nivela superfícies originalmente tortas e aumenta o conforto termoacústico do ambiente. Perfis são instalados sobre apoios fixos na alvenaria com massa de colagem, espaçados a cada 12 cm. A espessura mínima é de 3,5 cm.

Na hora de construir ou reformar o Drywall pode ser a solução para quem tem pressa na finalização de seu projeto, já que uma parede de Drywall é muito mais rápida do que uma de alvenaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *